Quais Estados Enviam o Boleto do IPVA?

Por ser obrigatório e anual, o pagamento do IPVA gerou polêmica por algumas vezes pela geração de boletos falsos enviado para a residência dos contribuintes. Visando a maior segurança é de interesse público saber quais Estados enviam o boleto do IPVA para evitar fraudes e dor de cabeça. Saiba mais!

Como funciona o pagamento do IPVA?

Todos os anos uma boa parte dos contribuintes recebe no primeiro trimestre em sua residência o boleto para pagamento do IPVA. A quitação do imposto obrigatório pode ser feita de duas formas: à vista com desconto de até 10% (varia por Estado) e em parcelas. Não há juros para quem optou pelo parcelamento. 

Em alguns Estados o boleto chega impresso em casa, gerando uma onda de boletos falsos. O documento é gerado pela Secretaria da Fazenda usando o endereço de cadastro do Detran para enviar o papel com código de barras para a residência dos contribuintes. 

Quais Estados não enviam boleto de IPVA por Correios?

Mas nem todos vão receber em casa. Alguns Estados trabalham apenas com o aviso impresso enviado pelos Correios para o proprietário procurar uma unidade do Detran ou Secretaria da Fazenda e realizar a impressão do documento. Os Estados que enviam o boleto do IPVA são:

  • Acre;
  • Alagoas;
  • Amapá,;
  • Distrito Federal;
  • Espírito Santo;
  • Goiás;
  • Mato Grosso do Sul;
  • Paraíba;
  • Paraná;
  • Pernambuco;
  • Rio Grande do Norte;
  • Sergipe.

Apesar de ser uma medida ainda restrita, a proposta é que, por segurança todos os Estados façam o envio apenas de um aviso de cobrança e deixe o processo do boleto para o sistema eletrônico. É uma forma também de economizar bastante com a impressão do documento.

Estados como o Rio de Janeiro ainda mantém o envio do documento de forma tradicional. O contribuinte recebe em casa as opções de à vista ou parcelado e faz a quitação em qualquer banco ou casa lotérica. O IPVA 2017 RJ também pode ser consultado em uma unidade do Detran ou Sefaz do Estado.

Quando o boleto do IPVA não é enviado, o que fazer?

Cada Estado possui uma metodologia diferente para lidar com o documento quando não envia para a casa do contribuinte. O método mais comum e compartilhado por todos é ir até uma sede da Secretaria da Fazenda e solicitar o boleto. Eletronicamente em alguns estados também é possível fazer isso. 

O Detran deixa claro que mesmo não recebendo o boleto em casa é obrigação do contribuinte se informar das datas ou entrará em débito e irregularidade de igual forma. Cada um sabe o compromisso quanto às datas, valores de multas e riscos de ser apreendido caso não pague o imposto. 

Boleto do IPVA falso. Como proceder?

Ao receber o documento em casa acesse o site do Detran de sua cidade e informe-se se de fato já foi enviado. Uma das fraudes do mercado é fazer o envio antecipado com código ativado para pagamento, mas não será enviado para o Detran o valor. 

A forma mais segura é fazendo a impressão no sistema do Sefaz ou Detran se seu estado permitir por enquanto.

This entry was posted in Blogging. Bookmark the permalink. Comments are closed, but you can leave a trackback: Trackback URL.